segunda-feira, 14 de abril de 2008

Pra aprender...

Eu perdi a aflição, a falta, o frio.
Não tive medo e perdi o vazio.
Eu perdi a insegurança, o fracasso...
Eu perdi, também, o mapa do acaso.
O sonhos, não. As palavras, não.
Mas perdi sorrisos e sensibilidade.
Achei que eu era somente metade...
Até descobrir que eu não me achava em outro lugar!
Estou parando por aqui, e estou desfazendo as minhas malas.
Eu cansei de me perder...
Chega de fugir de mim.
Hoje, eu não perco a calma.
Hoje, eu não perco a direção.
Hoje, eu não perco nem meu cd de Jack Johnson.

8 Comments:

cizinho_zoca said...

Ana amei esse texto tb
vc esta escevendo divinamente
mas ao mesmo tempo eu fico preocupado sei lá

parece q vc esta sofrendo, num sei
mas saiba q vc tem eu aq pra te ajudar sempre q vc precisar

bjus =*

By cizinho

theo said...
Este comentário foi removido pelo autor.
theo said...

Ela não sofre mais não..
Ela aprendeu e hoje ela não é nada mais do que Feliz.
Eu te amo

vitor said...

Num perca msm não o cd de Jack Johnson...
é muito bom!
kkkkkkkkkkkkk

Sem palavras p desrever ...
só sabes que é a melhor!

(Y)

Carola Guimarães said...

Será que a poesia está no sangue?!
xD

Muito bom!
;*

Felipe Ramos said...

É divertido de ler as tuas coisas :)

eu gosto.

;*

erik_zinha said...

que lindo...!
axu q vo montar um "club dos poetinhas"
com vc e marquinhus!
hahsahs

tah lindo aninha...
:)

Fernando" M.Neto said...

como se conhecer a si mesmo, literatura é permitir-se ser dos outros e demonstrar-se aos outros... Hoje, tuas letras te acham.

Muito bom gosto (com gosto doce) tua poesia!